terça-feira, 22 de maio de 2012

Entramos

 no quarto mês lunar do calendário Tibetano no qual se comemora o nascimento, a iluminação e o parinirvana do Buda Sakiamuni. É considerado um período muito auspicioso onde estamos mais receptivos a irradiação luminosa da mente do Buda.

É um período onde nossas práticas ganham maior efetividade e devemos especialmente evitar ações não virtuosas.

No dia 4 de junho teremos a lua cheia associada a iluminação do Buda, o momento culminante desse período sagrado do SakaDawa.o Vesak na tradição do budismo theravada tailandes. Será também o dia de um eclipse lunar parcial..

Essa é uma época muito propícia para refazermos nossos votos de atingir a liberação e beneficiar a todos os seres.

A UBP oferece mais uma oportunidade de prática agora com o Sangha Rimay Lusófono com a orientação do António Teixeira, as 6ªfeira - 18h30.

Tal como em Portugal também no Brasil Cristãos e Budistas estão unidos no Vesak. Dom Leonardo Ulrich Steiner, Bispo Auxiliar de Brasília, Secretário Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil CNBB endereçou correspondência ao Cebb Brasília compartilhando uma mensagem aos budistas brasileiros recebida de Roma, do Conselho Pontifício para o Diálogo Interreligioso.
A essência da mensagem do Conselho Pontifício: "unimos os nossos corações aos vossos e rezamos para que juntos possamos guiar os jovens, com o nosso exemplo e ensinamentos, a tornarem-se instrumentos de justiça e paz".
"Como budistas, vós transmitis aos jovens a necessária sabedoria de abster-se de prejudicar os outros e de viver uma vida de generosidade e compaixão, uma prática que deve ser apreciada e reconhecida como um dom precioso para a sociedade. Esta é uma maneira concreta com a qual a religião contribui para educar as jovens gerações a partilhar a responsabilidade e cooperar com os outros".
Este voto expresso em 2012 confirma o sentimento do Dalai Lama ao encontrar em 1968, Thomas Merton monge trapista americano, quando este o visitou no seu exílio indiano:

"Ele ensinou-me que através do amor e da compaixão todas as grandes religiões contribuem a formar homens bons."
Thomas Merton morreu pouco tempo depois na Tailândia e para os que sintam alguma curiosidade de o ver e ouvir: Thomas Merton & HH Dalai Lama 

http://youtu.be/JXSnnYQEpkA

Enviar um comentário