quinta-feira, 20 de junho de 2013

fotos do futuro templo em lisboa

que podem ser vistas no facebook do templo: https://www.facebook.com/UmTemploParaMonsanto
Libertação de uma coruja do mato pelas mãos de Yves Crettaz, Paulo Borges, Nuno Markl e o Vereador Sá Fernandes. — com Diamantino de Oliveira, Pedro Neves, Paulo Borges e Nuno Markl em Parque Florestal de Monsanto.



A Coruja do Mato libertada durante o evento e eternizada no Mural por Nuno Markl
— com Nuno Markl em Parque Florestal de Monsanto.

Já estamos a construir a Casa da Paz!


 Foi no passado dia 16 de Maio que lançamos a primeira pedra da Casa da Paz.

 Aqui vos mostramos alguns dos momentos mais marcantes.

 Foi lido o Sutra (Sūtra - Sanskrit: सूत्र, Pāli: sutta, Ardhamagadhi: sūya) do Coração em quatro línguas diferentes por representantes de diferentes escolas filiadas na UBP (António Faria – em português, Paulo Borges - em sânscrito, Yves Crettaz - em japonês, e Mestre Chueh Sing - em chinês).

 Foi também libertada uma coruja do mato, recuperada no Centro de Recuperação de Animais Silvestres de Lisboa (LXCRAS), em Monsanto, que marcou mais um momento de grande simbolismo para a Casa da Paz,  que visa a dinamização deste  espaço da cidade, oferecendo a toda a população não só actividades budistas tradicionais, como seminários, workshops, retiros e cursos de meditação, mas também outras actividades culturais e sociais onde se fomente o autoconhecimento, a paz interior, o respeito pela natureza e pelos seres vivos e o diálogo intercultural e inter-religioso.

 Estiveram presentes o Vereador da Câmara Municipal de Lisboa, o Dr. José Sá Fernandes,  a Dr.ª Cristina Ferreira da Silva. Responsável pelo Parque de Monsanto, os representantes da  Direcção da UBP e suas escolas, assim como algumas das figuras públicas que apoiam o nosso projecto, com  a locutora da Antena 3 Ana Galvão e o seu marido, o humorista  Nuno Markl, A Eugénia e o Francisco Varatojo do Instituto de Macrobiótica (IMP), o Mestre Georges Stobbaerts, o actor  Heitor Lourenço, o músico Pedro Ayres Magalhães e o alpinista João Garcia, que desde cedo apoiam este projecto, tal como uma grande equipa de voluntários que  estão a tornar este projecto possível, além de representantes de outras comunidades religiosas e público em geral.

 Durante a tarde, foram deixados vários testemunhos deste momento num grande painel que estará futuramente em exposição na Casa da Paz.


 Podem encontrar mais fotografias no álbum do facebook em  http://www.facebook.com/media/set/?set=a.531197673608911.1073741830.394861943909152&type=1 e a reportagem  que passou no Programa Caminhos da RTP2 através do link http://www.rtp.pt/play/p58/e118336/caminhos.


Enviar um comentário