terça-feira, 4 de novembro de 2014

dalai lama sobre comunidades religiosas


"Antigamente as comunidades religiosos eram mais isoladas. Enquanto os budistas, os mulsumanos e os cristãos ficavam nos respectivos países, pouco importava que cada grupo tivesse uma religião precisa, e um conceito bem especifico de Deus. Nos nossos dias, a situação é muito diferente. Seria suficiente que eu tentasse propagar o budismo o mais possível, e que outros responsáveis religiosos fizessem o mesmo com o cristianismo e o islão, para que mais tarde ou mais cedo surgissem conflitos. É esse o perigo.


Eu faço uma diferença entre budismo e cultura budista. Com efeito, eu notei que mesmo os tibetanos que pertencem à religião bön e os mulsumanos, respeitavam os valores da cultura tibetana. Os tibetanos mulsumanos, os do Ladakh, não os da China, tem raízes tibetanas por vezes velhas de 400 anos, e mesmo continuando a ser mulsumanos,  integram-se perfeitamente na cultura budista da compaixão.  Eu sei que alguns desses mulsumanos são infelizes quando a sua religião lhes impõe sacrificar animais durante a peregrinação a Meca." Dalai Lama, 1996
 
Enviar um comentário